You are here

Nota Histórica

A Biblioteca do Instituto Superior de Agronomia - BISA - desde a sua fundação, em 1853, no quadro da criação do Instituto Superior Agrícola e da Escola Regional de Lisboa, até aos nossos dias, tem acompanhado o ensino e a investigação, na área das Ciências Agronómicas, em Portugal.

Em 1855, com a integração do ensino veterinário ao Instituto Agrícola, incorporou o acervo relacionado com a Medicina Veterinária. Em 1911, com a reforma do ensino agronómico, a Biblioteca cindiu-se em duas, consequência da criação do Instituto Superior de Agronomia e da Escola Superior de Medicina Veterinária, ficando cada uma com a Informação Científica e Técnica inerente aos respectivos currículos.

Em 1917, o Instituto Superior de Agronomia, até então instalado no Palácio da Cruz do Taboado, mudou-se para um novo edifício, na Tapada da Ajuda, sendo atribuído à Biblioteca o seu corpo central, onde permaneceu até Novembro de 2000, data em que se tranferiu para o actual edifício, programado e construído para seu uso exclusivo.

Nas actuais instalações, a BISA distribui-se por três pisos. No piso um, funcionam a direcção, a secretaria, o bar e sala de estudo "Artur Castilho". Ainda neste piso existem três depósitos destinados a livros, reservados e revistas. No piso dois, localizam-se o serviço de informação, o auto-empréstimo, a sala de leitura com acesso livre às estantes, onde se expoêm livros e revistas editados após 1970, exposição permanente de revistas, exposição das últimas monografias adquiridas e o serviço de fotocópias. No piso três estão instalados o gabinete de cartografia, o gabinete de audio-visuais, o gabinete de docentes e investigadores, sala de exposições temporárias, por vezes sala de aula de pós-graduações e gabinete técnico, onde trabalham oito funcionários. Há ainda um terraço panorâmico virado para a baixa de Alcântara, Tejo e sua margem esquerda.

Em grande parte desta cronologia, a BISA colocou-se como única especializada em Ciências Agronómicas, na área do ensino, em Portugal. Esta circunstância permitiu-lhe reunir e deter um vasto, único e rico património bibliográfico - alguns títulos remontam ao séc. XVII. Este património mais se tem valorizado após a publicação dos "Anais do Instituto Superior de Agronomia", a partir de 1920, cuja permuta, com expressão universal, tem contribuido para a aquisição de um significativo acervo de publicações estrangeiras, sobretudo periódicas, especializadas nas áreas técnico-científicas que envolvem as múltiplas actividades do Instituto Superior de Agronomia.

Outras informações úteis poderão ser encontradas ao longo dos vários capítulos deste "site".

Instituto de Agronomia e Veterinária
Salão Nobre
Edifício BISA
BISA - Biblioteca