Início Sobre Nós Contactos Ligações flag flag

Tema: Impacte do pastoreio por ungulados e da infestação da bolota na sobrevivência de plântulas de sobreiro
Orientadores: Pedro Gonçalves Vaz, Manuela Branco, e Miguel Bugalho
Contacto: pjgvaz@isa.ulisboa.pt
Enquadramento e objectivos:
A compatibilização da regeneração de sobreiro com o pastoreio constitui um importante desafio para a gestão dos montados. A rotação ou a exclusão do pastoreio é uma das possíveis medidas de gestão. Estas medidas geram heterogeneidade espacial com consequências pouco estudadas para a germinação da bolota e regeneração dos montados de sobreiro, uma espécie classificada como árvore nacional.
O objectivo deste trabalho é investigar o impacte da variação espaço-temporal do pastoreio por gado bovino na qualidade das bolotas, expressa pelo seu grau de infestação, e na performance das plântulas de sobreiro.
O estudante usufruirá de um desenho experimental que captura diferentes idades e pressões de pastoreio, bem como diferentes condições micro-ambientais, para avaliar o efeito destes parâmetros na regeneração do montado de sobreiro. O trabalho de campo decorrerá na Companhia das Lezírias, uma propriedade que se localiza aproximadamente a 50 km de Lisboa, com início em setembro. A parte inicial do trabalho consiste na quantificação expedita de bolotas no terreno e determinação em laboratório do seu grau de infestação. Uma segunda parte do trabalho, a realizar em novembro, consistirá na implementação no terreno de uma experiência de germinação de bolota e consequente monitorização da sobrevivência das plântulas germinadas.
Local: Companhia das Lezírias e Instituto Superior de Agronomia
Duração: setembro 2021 a maio de 2022.

Sexta-Feira, 21 de Maio de 2021