You are here

Dia Aberto para Estudantes com Necessidades Educativas Especiais

Este evento encontra-se ADIADO. Para se inscrever em futuras edições e pedir informações contacte através do email!

Data: ADIADO
Local: ISA, Tapada da Ajuda, Lisboa
Contacto para mais informações:
 enee.apoio@isa.ulisboa.pt  |  T. +351 21 365 3119 
 

Este evento encontra-se ADIADO.

Para se inscrever em futuras edições e pedir informações contacte através do email!
 

O Instituto Superior de Agronomia, empenhando-se de forma ativa na promoção do sucesso e na plena integração dos Estudantes com Necessidades Educativas Especiais (NEE) em ambiente universitário, promove um Dia Aberto para dar a conhecer a Escola, o seu Campus e os cursos ministrados.

Se és estudante do Ensino Secundário e pretendes ingressar no Ensino Superior num curso na área das Engenharias Agronómica, do Ambiente, Alimentar, Florestal e dos Recursos Naturais, Zootécnica ou da Arquitetura Paisagista ou de Biologia, inscreve-te e vem participar em algumas das atividades que preparámos para ti.
 

Organização: Ana Caperta, Helena Oliveira e Cátia Ferreira
Estudantes: Raul Gamito Palma, Sara Mateus
Contacto/Inscrição: Através deste email. 

Número de participantes: 5 a 10 alunos/atividade. Possibilidade de inscrição em mais do que uma atividade

 

Programa:

Atividade 1 – 10h - 11h30 - “Do Campo à Boca: Viagem Pelas 1001 Leguminosas!”
Responsáveis: Catarina Prista e Mariana Mota

As leguminosas (ex: feijões, grão-de-bico, tremoço) são plantas com elevadas vantagens nutricionais, podendo ser cultivadas, cozinhadas e ingeridas de várias formas. Vem conhecer diferentes leguminosas, aprender a cultivar e cuidar das plantas e a cozinhá-las da forma mais saudável e nutritiva!

 

Atividade 2: 11h30 - 13h00 - “Como Fazer Híbridos e Identificar as Suas Características”
ResponsáveisLeonor Morais e Manuela Silva

Em muitos casos o melhoramento de plantas envolve a produção de plantas híbridas. Para confirmar a obtenção da planta híbrida, pode ser realizado o estudo do seu ADN. Nos genomas as sequências repetitivas estão presentes numa grande proporção e apresentam grande variabilidade. Este tipo de sequências não codifica proteínas, mas constituem uma excelente ferramenta para tirar impressões digitais dos organismos. Podemos utilizá-las para obter marcas de ADN que nos permitam distinguir diferentes plantas.

 

Atividade 3: 13h00 -14h30 - "Natureza, Investigação, Agricultura: Pequenos Exemplos de Como Podemos Conciliar Objetivos"
Responsável: Pedro Talhinhas

Nesta atividade vamos explorar o exemplo das heras enquanto plantas que fazem parte do nosso património natural que importa preservar em relação a heras exóticas e que podem ser potenciadas para uso ornamental, frisando a importância da investigação científica tanto para a preservação como para a sua utilização sustentável.

 

Atividade 4: 14h30-16h00 - “Insetos em Ordem”
Responsáveis: Elsa Silva e Catarina Mourato

Nesta atividade o desafio consistirá em propor aos participantes para serem entomologistas e descobrirem qual a ordem a que pertence o inseto que escolheram no início da atividade. Para tal, serão fornecidas várias pistas, relacionadas com as caraterísticas morfológicas dos insetos, para que possam tomar a decisão do caminho a seguir na chave dicotómica proposta para o efeito, possibilitando a experiência individual da identificação dos insetos.

 

Atividade 5: 16h00 – 17h - "Sobre a Importância das Plantas e dos Herbários - Herbário João de Carvalho e Vasconcellos”
Responsável: Pedro Arsénio

Nesta sessão iremos saber um pouco mais sobre as plantas e a sua importância para o bem-estar humano. Iremos também conhecer o que é um herbário e de que forma os herbários contribuem para gerar conhecimento sobre a diversidade vegetal de um local, região, país ou continente. Finalmente, faremos uma breve visita às instalações do Herbário João de Carvalho e Vasconcellos (Instituto Superior de Agronomia, Universidade de Lisboa), de forma a conhecer as suas coleções e o modo como como estas se preservam.