Homepage
You are here:

WaterQB - Plataforma web para apoio à gestão da rega visando a convivência com a variabilidade e as alterações climáticas

Contexto

A variabilidade climática e os impactos das alterações climáticas sobre a disponibilidade de recursos hídricos na agricultura, têm contribuído para o complexo desafio da tomada de decisões, particularmente no que diz respeito à gestão da rega. Em Portugal, espera-se que as necessidades de água das culturas e as necessidades de rega aumentem em condições de alterações climáticas, mas com diferentes níveis de intensidade, dependendo das regiões e dos sistemas culturais praticados. Consequentemente, visando reduzir a vulnerabilidade da agricultura às alterações climáticas e à variabilidade climática, é primordial projetar e implementar práticas integradas e sustentáveis de gestão da água, incluindo a melhoria do uso da água tanto da rega quanto da precipitação, bem como a adaptação dos sistemas e práticas culturais.

Objetivos

O acesso a ferramentas que permitam um uso eficiente e sustentável dos recursos hídricos revela-se cada vez mais importante para os diversos agentes envolvidos no setor agrícola. Assim, considerando o contexto de variabilidade e alteração climática que se acentua, o projeto WaterQB vem propor o desenvolvimento de uma plataforma que constitua a base de um sistema de apoio à gestão da água na agricultura em Portugal. Esta plataforma permitirá ultrapassar questões relacionadas com a variabilidade espácio-temporal das características do solo, do tipo de cultura e das informações associadas, a necessária integração e agregação de dados, bem como a credibilidade de todo o sistema. Dará acesso a informações diversas sobre a gestão da água usando uma interface amigável que apoia o processo de tomada de decisão.

Os objetivos específicos do projeto incluem:

  • integração de informação nomeadamente a derivada de sensores de satélite com alta resolução e alta frequência em ferramentas de modelação, com o objetivo de fornecer uma estimativa adequada das necessidades de água das culturas e da rega;
  • Utilização de previsões meteorológicas sazonais para melhorar a capacidade de previsão de secas, e apoiar a tomada de decisão com base na predição de necessidades de água das culturas e da rega, no início da campanha de rega;
  • Estimar as necessidades de água das culturas e da rega em diversos cenários climáticos;
  • utilizar dados de previsão meteorológica sazonal e de cenários de alterações climáticas visando o desenvolvimento de estratégias de prevenção e convivência com a escassez de água, com a participação de agentes envolvidos na governança da água e na gestão agrícola;
  • implementar ferramentas operacionais para mapear a informação relativa às necessidades de água das culturas e da rega, facilitando a comunicação com os diversos utilizadores e permitindo apoiar a tomada de decisão.

A plataforma do projeto WaterQB permitirá ultrapassar questões relacionadas com a variabilidade espácio-temporal das características do solo, do tipo de cultura e das informações associadas, a necessária integração e agregação de dados, bem como a credibilidade de todo o sistema.

O uso das previsões climáticas sazonais permitirá melhorar a previsibilidade das secas e apoiar o desenho de diversas medidas de preparação e convivência com a escassez de água. Essas medidas serão avaliadas nos cenários de variabilidade climática e de alterações climáticas, sendo sujeitas a uma análise custo-benefício, desenvolvidas e testadas no âmbito do projeto.

A plataforma WaterQB dará, às partes interessadas, acesso a informações diversas sobre a gestão da água usando uma interface amigável que apoia o processo de tomada de decisões.

Em resumo, o WaterQB desenvolverá ferramentas inovadoras e com adequada capacidade de serviço, que ajudarão o setor agrícola português, otimizando a condução da rega, a produtividade da água e a produtividade económica da água, para uma produção sustentável das culturas em termos económicos e ambientais. O WaterQB contribui para uma perspectiva sistémica e holística, integrando tecnologias, criando conhecimento e estruturas de análise dentro de um ambiente colaborativo abrangendo várias escalas e atores, para apoiar a rega e a tomada de decisões na gestão da água. A metodologia proposta no WaterQB, bem como a plataforma, pode ser estendida a outros países da bacia do Mediterrâneo com condições ambientais semelhantes.