You are here

Parque Botânico da Tapada da Ajuda

O Instituto Superior de Agronomia está situado na Tapada da Ajuda. A Tapada da Ajuda é um Parque Botânico com cerca de 100 hectares, no interior da cidade de Lisboa, de reconhecido interesse internacional, na qual se destacam uma Reserva Botânica única onde estão representadas as espécies características do clímax da zona, jardins, arboretos diversos, viveiros florestais, terrenos de cultura (pomares, vinhas, prados, culturas arvenses e hortícolas) e diversas espécies domésticas e silvestres características.

Na Tapada da Ajuda pode ainda encontrar diverso património histórico e arquitectónico, algum do qual remontando ao tempo em que foi Tapada Real.

Banco D. Dinis
ISA - Vista para o Tejo

Além da beleza da vegetação e património histórico e arquitectónico que a reveste, pode-se observar Lisboa e os seus arredores se subir ao Miradouro situado na parte norte.

No bosque natural em que dominam os zambujeiros (Olea europaea L. var. sylvestris (Mill.) Lehr) acompanham-nos o aderno (Phillyrea latifolia L.), sanguinho das sebes (Rhamnus alaternus L.), lentisco bastardo (Pistacia lenticus L.), espinheiropreto (Rhamnus oleoides L.), estrepes (Asparagus albus L.), gilbardeira (Ruscus aculeatus L.). O elenco florístico da Reserva ultrapassa duas centenas de espécies.

Visitas ao Património Arquitectónico e Artístico da Tapada da Ajuda

Edifício Principal

Tendo em conta o seu passado histórico e o seu património arquitetónico e artístico, o ISA possibilita a visita às suas instalações a todos aqueles que tenham interesse em conhecê-las sob uma outra perspetiva, através da criação de um plano de visitas, que se realizam no primeiro sábado de cada mês, com início às 10h30.

As visitas são conduzidas pelo Prof. Augusto Moutinho Borges, investigador nas áreas da história, cultura e património (autor do livro "Cores na Cidade: Azulejaria de Alcântara"), conhecedor da história da Tapada e dos seus edifícios, que colabora neste projeto interdisciplinar de dar a conhecer o património histórico do ISA.

Numa primeira fase as visitas realizar-se-ão apenas ao Edifício Principal prevendo-se que, posteriormente, sejam alargadas a outros espaços da Tapada, contemplando edifícios como o Pavilhão de Exposições e outros locais emblemáticos.

Para saber mais:

Reserva Botânica Natural D. António Xavier Pereira Coutinho

A Reserva Botânica Natural D. António Xavier Pereira Coutinho, unidade cujo valor patrimonial é inquestionável, consiste num outeiro calcáreo, localizado acima do Pavilhão das Exposições, conhecido por Alto da Casa Branca e foi delimitada em 1923. Em 1951 adquiriu a atual designação, dada pelo então Conselho Escolar do Instituto Superior de Agronomia por ocasião das comemorações do 1º centenário do nascimento deste ilustre Botânico, nesta zona representativa da flora local de grande interesse florístico da Tapada da Ajuda.

Para saber mais:

Reserva Botânica Natural D. António Xavier Pereira Coutinho