You are here

SolidarISA inicia nova campanha de Outono-Inverno

Com sementeira de 4 ha de trigo-rijo para transformação em massa e plantação de 0,5 ha de couve-lombarda
solidarisa

O SolidarISA, projecto de solidariedade social, criado há alguns anos, por alunos do ISA, continua em funcionamento, a crescer e com novos elementos, tal como o comprova a nova campanha de Outono-Inverno, recentemente iniciada.

No ano lectivo que passou, foram plantados meio hectare de couve lombarda, que rendeu uma produção de cerca de 12000 kg para o Banco Alimentar Contra a Fome e, posteriormente, semeou-se grão-de-bico, também numa área de meio hectare, que por sua vez se transformou em cerca de 400 kg desta leguminosa, também encaminhado para a referida instituição.

Este ano os voluntários do SolidarISA estão ainda mais ambiciosos e graças à colaboração do Instituto Superior de Agronomia, terão acesso à Terra Grande, uma das parcelas maiores e mais emblemáticas do Instituto. Assim, o objectivo neste Outono-Inverno é de semear cerca de 4 ha de trigo rijo para posterior transformação em massa e plantar 0,5 ha de couve lombarda. Tal representa uma grande evolução para o SolidarISA, uma vez que vai permitir entregar maior quantidade de alimento, assim como para os participantes, que estão sempre a aprender com este projecto.

Neste momento estão a ser efectuadas as mobilizações de solo e adubações. A sementeira do trigo está prevista para a 3ª semana de Novembro, e a plantação das couves para a 1ª semana de Dezembro, altura em que é esperada a adesão de voluntários que queiram dar o seu contributo para esta causa e levar em troca umas horas bem passadas, de convívio e aprendizagem.

Este projecto não podia ser levado a cabo, no entanto, sem a ajuda de vários parceiros, que têm apoiado em várias vertentes. O Instituto Superior de Agronomia cedeu a terra e os colaboradores, bem como permitiu a realização do projecto; o banco Santander Totta prestou o apoio financeiro para iniciar e manter o projecto; a Lusosem forneceu a semente do trigo, e os Viveiros da Silveira forneceram as couves para plantar. Por seu lado,a Magus Irrigation Systems cedeu o material de rega, a Adubos Deiba forneceu os fertilizantes e a PESNIL forneceu os herbicidas necessários. Para as questões de transporte, o projeto conta com a colaboração da empresa de transportes Luís Simões e nas mobilizações de solo com a ajuda da New Holland, que forneceu um tractor.