You are here

POR DO SOL FLORESTAL E LEITURA ENCENADA DE “O HOMEM QUE PLANTAVA ÁRVORES” DE JEAN GIONO

No âmbito das comemorações dos 40 anos do CEF
header

Organização: CEF

Data: 17 de novembro :: 18h

Local: Hall do CEF

Vem aí a segunda edição do POR DO SOL FLORESTAL do CEF. Desta vez, para além do habitual convívio inicial, vamos poder assistir também à leitura encenada de “O Homem que plantava árvores” de Jean Giono, pelo TUT – Teatro Académico da Ulisboa.

O POR DO SOL FLORESTAL é um final de tarde de encontro de antigos e actuais alunos e docentes de Engenharia Florestal/Silvicultura do Instituto Superior de Agronomia (ISA), no âmbito das comemorações dos 40 anos do Centro de Estudos Florestais, que estão a decorrer ao longo de 2016. Estas têm muito mais sentido se conseguirmos reunir os antigos e actuais estudantes uma vez que os nossos ex-alunos de Engenharia Florestal/Silvicultura têm sido, ao longo do tempo, uma peça fundamental para o trabalho de pesquisa do CEF e para a disseminação dos resultados obtidos.

Leitura encenada de “O Homem que plantava árvores” de Jean Giono, pelo TUT – Teatro Académico da Ulisboa

O conto de Jean Giono, inspirado em acontecimentos verdadeiros, convoca-nos a parar e a contemplar a obra de um simples homem que sentiu o apelo de trabalhar a terra lado a lado com o tempo. Nesta época apressada, onde se luta contra o tempo e se exigem resultados imediatos, é imprescindível saber abrandar, para poder salvaguardar os ritmos próprios da natureza e do ser humano, confiando no tempo como nosso aliado, na floresta e na sua capacidade regeneradora, e na arte como forma de o celebrar.

TUT – Teatro Académico da Ulisboa

O TUT  é um projecto cultural iniciado em Outubro de 1981 pelo Prof. Jorge Listopad, a convite do então Reitor da Universidade Técnica de Lisboa, Prof. Eduardo Arantes e Oliveira, com o objectivo de complementar as componentes técnica e científica na formação dos estudantes. A partir de 2010 o TUT constituiu-se  como associação cultural sem fins lucrativos, da qual são sócios: a universidade, estudantes, docentes e investigadores de várias das suas unidades orgânicas, bem como antigos alunos e outras pessoas interessadas em contribuir para os seus objectivos. Após a fusão, em Julho de 2013, da Universidade Técnica com a Universidade de Lisboa, o TUT passou a assumir-se como o Teatro Académico da Universidade de Lisboa.