You are here

Apresentação da Investigação de datação de violinos e violoncelos

Apresentação da Investigação pioneira em Portugal

Organização: CEF/Museu Nacional da Música

Data: 4 de março de 2016

Local: Museu Nacional da Música

Investigação, pioneira em Portugal, que utiliza a dendrocronologia como método de datação de violinos e violoncelos vai ser apresentada no dia 4 de Março de 2016, à tarde, no Museu Nacional da Música, em Lisboa.

Esta investigação resulta de uma parceria entre o Museu Nacional da Música e o Centro de Estudos Florestais (CEF) do Instituto Superior de Agronomia (Universidade de Lisboa).
 
A apresentação será feita pela investigadora Alexandra Lauw, do CEF, no âmbito da Exposição “Violinos de Construção Portuguesa” que está patente ao público naquele museu até ao próximo dia 6 de Março.
 
A datação da madeira de um instrumento musical permite estimar a partir de quando a madeira poderia ter estado disponível para utilização pelo construtor. Se conhecido o construtor permite também  imputar o instrumento à sua fase artística.  

A dendrocronologia é um método científico que estuda os anéis de crescimento das árvores ao longo do tempo.  Baseia-se no facto de haver uma relação entre o crescimento das árvores e as condições ambientais em que crescem, ou seja, os anéis de crescimento visíveis na madeira do tronco funcionam como “arquivos naturais” que permitem identificar e datar acontecimentos ambientais.  
 
A dendrocronologia pode ser utilizada para diversas aplicações, desde o estudo do clima no passado ou de alterações ecológicas, até à datação de artefactos em madeira. Nesta dendroarqueologia destaca-se a datação de obras de arte e instrumentos musicais.
 
As obras de arte de coleções públicas e privadas, nomeadamente os instrumentos musicais e as pinturas, são uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de estudos dendrocronológicos em Portugal, permitindo não só datar como melhor conhecer as madeiras e técnicas de montagem utilizadas no passado.
 
Nesta investigação aplicou-se a dendrocronologia para datação das madeiras de violinos e violoncelos da colecção do Museu Nacional da Música.

Mais informações:

  • António José Soares
  • Assessor de Comunicação do CEF
  • 934207241